Buscar
  • felipefabg

#6. RE: Como você está?




Date: Mon, 30 Mar 2009 14:35:02

From: luis.moura@yahoo.com

To: patriciavsq@gmail.com

Subject: Re: Como você está?

Patricia,

Estamos na idade de correr atrás dos nossos objetivos, ganhar nossa independência, batalhar pela nossa felicidade.

Não quero ser obstáculo pros seus projetos. Você é uma mulher muito inteligente, muito capaz, com um futuro brilhante pela frente. Então, como amigo, desejo toda sorte do mundo para você. Saiba que fica um carinho especial.

Boa sorte.

Luis

Date: Mon, 30 Mar 2009 03:52:40

From: luis.moura@yahoo.com

To: patriciavsq@gmail.com

Subject: (RASCUNHO) RES: Re: Como você está?

Linda,

Aqui, por email, não consigo te sentir, te ouvir, te entender. Seria mais fácil se eu não me importasse tanto, se não doesse tanto. Acho que eu preciso chorar esse fim, viver esse luto, mesmo que me rasgue por dentro. Encontra comigo, por favor?

Date: Sun, 29 Mar 2009 13:01:51

From: patriciavsq@gmail.com

To: luis.moura@yahoo.com

Subject: Re: Como você está?

Luis,

Fico feliz em saber que você está voltando para o Rio. Sei bem como é ficar longe dos amigos em uma cidade estranha.

Você não foi o único a ficar triste com tudo que aconteceu. Não é porque a ideia de terminarmos partiu de mim que deixei de sofrer com isso. A diferença é que eu já entendi que as coisas certas a fazer nem sempre são do jeito que a gente gosta. Isso torna as decisões muito mais difíceis de serem tomadas.

Muitas mudanças aconteceram na minha vida, em pouco tempo. Talvez por isso tenha passado uma imagem errada do como encarei o nosso tempo juntos. Você se mudou, saí da minha casa, fiquei longe dos meus amigos, da minha família, principalmente da minha mãe e meu irmão. Trabalho diferente, cidade diferente, colegas diferentes. Somando tudo, ficamos distantes.

Quando começamos, não esperava que você fosse se mudar pra BH. Você já sabia que esse projeto podia acontecer e não me disse nada. Me senti traída, não foi fácil pra mim. Queria ter um namoro normal, sem precisar planejar minuciosamente os fins de semana, sem ter que dividir e conciliar os poucos dias juntos com família e amigos. Me mudar para São Paulo, logo depois, não facilitou nada minha vida.

Estou fazendo outros planos. Apliquei pra um mestrado fora e vou começar a estudar francês seriamente pra isso. Se eu passar, vou pedir demissão assim que der.

Pensar em te encontrar me faz lembrar do longo mês de janeiro que passei chorando até aceitar que não estávamos mais juntos. Falar pessoalmente sobre a gente vai ser uma tortura pra mim.

Acho melhor deixar como está. Se o assunto for outro, saiba que pode me procurar. Se achar que não te faz bem me ver, aí sou eu que peço, não me procure.

Gostaria de te escrever outra coisa, mas é a única coisa que posso escrever agora.

Um beijo,

Patricia

Date: Fri,27 Mar 2009 08:15:10

From: luis.moura@yahoo.com

To: patriciavsq@gmail.com

Subject: Como você está?

Linda,

não sei direito por onde começar, nem tudo que quero dizer. Então vou só escrever no fluxo de consciência e ver se faz sentido depois.

Muita coisa passou pela minha cabeça e pelo meu coração nesses últimos meses. Não nos falamos direito desde dezembro e sinto que muita coisa ficou mal resolvida desde que a gente decidiu dar um tempo. São quatro meses e a gente só se viu uma vez. Mesmo nesse último encontro, fiquei com uma sensação que a gente estava muito distante, não só no sentido físico, mas também no emocional. Senti que a gente se perdeu de vez.

Estava claro que manter esse relacionamento à distância estava fazendo muito mal pra nós dois.

Você se sente sozinha em SP e eu estou solitário aqui em BH. E como você disse, racionalmente, era o mais sensato a se fazer naquela hora.

A razão diz uma coisa, mas a emoção diz outra. Pra mim, todo esse período está sendo uma merda. Tenho muitas saudades de você, quero te ligar, te ver. Fico receoso por não saber o que esperar. Penso em você constantemente, mas guardo tudo porque não sei em que pé você está. Então, acho que é para isso que estou te escrevendo: quero saber o que se passa na sua cabeça, agora.

Queria te falar mais em pessoa. Como você sabe, o projeto acabou por aqui e vou voltar pro Rio. Não sei direito o que vai acontecer daqui pra frente. Talvez semana que vem já esteja por lá em definitivo.

Espero sua resposta sincera, por mais que me doa.

Beijos

Luis

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo